segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Venho por esta informar que estou com uma preguicite do caraças.

Aqui em Madrid faz um calor dos Infernos, nem dá vontade de mexer, o que nos safa são os ares condicionados de museus e afins, que é por isso que aproveitamos colegas de trabalho e amigos de visita para correr parques e museus por esta cidade fora.


Museo del Romanticismo. Eu cá mudava-me para lá, se os gajos deixassem.


Patuscada de panquecas americanas e gelado em casa... também debaixo do ar condicionado.


E mais uma voltinha ao Palácio Real, seguido do Prado, que é para não fazerem pirraça um ao outro, Plaza Maior e Mercado San Miguel, onde se pode encontrar café português a 1.80€ a peça (a bica, mesmo!) e uns macarons de doce de leite que nos convencem a sair de casa e atravessar a cidade para lá ir.

Daqui a bocado já me acerco com a máquina fotográfica ao fogão, que é para imortalizar as experiências aqui do laboratório culinário que é esta mini-cozinha no meio dos espanhóis.

Sem comentários: