quarta-feira, 6 de março de 2013

Pensamento se calhar não muito sensato de pessoa desempregada mas que não tem pais cheios de guito e que tem de se desenrascar e ser poupadinha:

Às vezes penso se, quando o nosso actual Primeiro vai à casa de sua excelsa mamãe, a senhora também não terá umas daquelas ganas de lhe dar um par de estalos naquelas fuças e meter uma malagueta na língua, com tanta parvoada que o moço deita daquela santa boquinha para fora.



3 comentários:

teardrop disse...

De facto, ou a mãe ou a própria da sôdona Laura!

Mary disse...

Gostei foi um bom momento para uma gargalhada vou "roubar" ;o)

marta, a menina do blog disse...

Realmente, o rapaz perdeu uma boa oportunidade de ficar calado, cada vez que abre a boca sai argolada.

Ou não, vai-se a ver são as notícias que só apanham essa parte do discurso e as outras coisas que ele diz até são bastante sensatas, só que ninguém sabe, como quando passavam os filmes do Almodôvar na Sic, que faziam a publicidade só com as cenas mais calientes para dar a entender que sim, que o filme era só badalhoquice, mas afinal o filme até era muito composto e só tinha dois minutos de badalhoqueira.

Claro que se fizessem a publicidade de um filme composto não tinham nem metade da audiência, não é?...