quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Os gatos do dia-a-dia ficam pasmos com as atitudes dos mátxo men!

Vai uma pessoa muito sossegada da vida a passar no check in do aeroporto de Lisboa, com a preocupação de não levar líquidos, portátil e cinto, que é para não ter trabalho a tirar as coisas e a abrir a mala, e com sapatilhas, que é para não ter de andar descalça, eis senão quando um grande matxo man faz um grande fuzué por qualquer coisa extremamente perigosa que possuo na minha mala.

Um senhor que era bem mais baixinho que eu, com uma barriga de cerveja bastante evidente, e uma farda de segurança de aeroporto, que é o pessoal que não consegue entrar na PSP E nem na GNR.

Pois esta amostrazita de gente ali do check in que, sabe-se lá como, deixam passar drogas e outras merdas, embicou com a minha mala, remexe todo o seu conteúdo, ESPREITA A MINHA AGENDA (filho de uma pequena vaca, se herdaste o tamanho da mãe!) e confisca....

as agulhas de crochet...

(fiquei tão, mas TÃO pasma, que nem lhe ri na cara...)

sério pah... tanta porra que deixam passar, e tratam as minhas agulhas de crochet como se foss a próxima arma mortífera do futuro???




1 comentário:

Maria disse...

Bolas, tanto alrido por causa de uma agulhas de malha?! esse senhor? não devia ter mesmo mais nada para fazer.