sexta-feira, 1 de junho de 2012

1) O Verão da minha infância.


O Verão da minha infância tem a praia e tem o campo.
Tem muitas caminhadas ao ar livre com os primos, o irmão e os amigos que fazíamos nas férias.
Tem o mês de Agosto quase todo com nevoeiro em Santa Cruz, apanhar lapas e mexilhões nas rochas com o meu avô e ficarmos tostados na mesma.
Tem uma tenda no parque de campismo, de onde à noite se conseguia ouvir o mar e o vento a marulhar pelas agulhas dos pinheiros.
Cheira a mar. Não há outra praia que cheire à praia da minha infância.
Tem histórias de piratas e de aventureiros dos mares, cujos barcos quase conseguíamos avistar no horizonte.
Tem umas sandálias de plástico vermelhas que eu podia levar para a água e usar quando queria trepar pelas rochas.
O Verão da minha infância tem figos e amoras e ameixas e nêsperas apanhados pelos caminhos onde a única coisa que se via eram montes e campos e moínhos, e onde só se ouvia o vento e os grilos e os pássaros.

E é tão fácil lá voltar!




2 comentários:

Maria disse...

Que bom que para ti é fácil lá voltar. Nem todos teremos essa sorte.


bjs

Turista disse...

Olá Marta, gostei de conhecer o Verão da tua infância, cheio de liberdade e repartido entre a praia e os passeios pelos campos, na companhia de primos, irmão e amigos!
E apanhar figos e amoras, é uma imagem tão bonita, dos nossos tempos de infância, não é? :)