terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Para dar nomes aos gatos vocação a menina do blog tem!

Há um gato lá no abrigo que, devido a uma anomalia do sistema, tem um andar balançado. Como é cinzento, chamei-o de Sid.
(Se fosse mulato, chamava-o de Dulcineide)

Enfim, depois desse, temos o Sirius Black, que é meloso mas estiloso, e que acha que é um ninja, o Snape, que devo ter dado o nome errado, que o gajo parece mais uma lontra, devia antes tê-lo chamado de Eusébio, um que lhe chamam Branquela, mas que eu apelidei, basicamente, de Tótó, que tem mais a ver com a sua personalidade, o Tuómas e o Peter, que são rabetas, e não se chamam Tótós porque já tinha dado o nome a outro, a Milady, sim como a do Dartacão, e há ainda o velho Gatão.
Quando cheguei a casa, fui quase cilindrada pelas gatas, é claro, uma traição tão óbvia, mas não antes de lhes encher as respectivas gamelas, que gato não gosta de ser traído, vamos lá ver as coisas com clareza, mas há valores mais altos que se levantam, como uma gamela bem aviada de Whiskas saquelas!
(E estou curiosa para ver o resultado do dia de hoje! É que sempre foram 5 gatos pretos!)

2 comentários:

India disse...

UIII! Tem lá cuidado com os gatos que se metem no teu caminho! Cuidado miuda!

marta disse...

Aguarda para amanhã o rescaldo do resto do dia de hoje, e logo vês no que deu!

Bom, hiper-mega-ultra-espectacularmente B-O-M!!!

Beijos, famelga!