quinta-feira, 18 de agosto de 2011

O que se tem visto cá em casa:

Sense and Sensibility... (já vi isto quantas vezes?...)


O Harry Potter (já tinha dito?)


Caprica, a história que vem antes da Battlestar Galactica.

Muito bem construída.

Passa-se num tempo futuro, e é muito difícil conseguir criar um ambiente coordenado, em que não se notem falhas. Esta série consegue fazer-nos acreditar que aquilo tudo é sólido.



Arthur, um remake de um clássico sobre um rapaz que é apanhado da cabeça e que, para piorar a situação, é podre de rico.
Entra o marido da Katy Perry (aquele sacana que lhe tirou uma foto ao acordar e meteu a circular na net...), numa mistura com um dos pesos pesados do cinema britânico, a Hellen Mirren.

Algo que poderia ter dado cabo do filme.

Acho que foi a Hellen Mirren que o salvou, afinal, senão era uma parvoeira do princípio ao fim. O papel estava mesmo feito para o rapaz, que tem aquele ar alucianado por natureza.

A parte must? Quando a Jennifer Garner agarra o bebedeirão, tenta seduzir o rapaz com uma fatiota atractiva nos sentidos "decotado" e "metálico" da coisa... e acaba por ficar magneticamente atraída pela cama dele... que é um íman gigante...

"At least, something is attracted to you in this room!"

(e poderia dizer-se outra coisa?)


O Paul. Não é mau. Está bem feito, faz rir, tem umas quantas surpresas. Não aconselho àquela moça que "alegadamente acendeu os quatro bicos do fogão e rebentou com parte da casa", porque tem uma cena parecida, mas com um bico que está aceso meio minuto numa cozinha ampla com as janelas abertas... e rebenta com a casa INTEIRA!! (dois andares e um sótão!) num espectáculo de luz e cor manifestamente exagerado. Gostei da parte em qua convidaram a Signourey Weaver para entrar. Afinal, de filmes de aliens percebe ela. Gostei da parte em que ela ia matar os gajos todos e leva com a porta da nave na fronha a meio do discurso. Ela era má. Spoiler!


3 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Martamiga

Visitante e comentador assíduo do Duas ou três coisas do embaixador e meu bom Amigo Francisco Seixas da Costa, descobri-te e decidi vir até aqui, fazendo o mesmo ao teu aCozinha das Bruxinhas.

Bendita ideia, porque, aqui chegado (e ali...) vim encontrar um blogue (uns blogues) encantador(es), sugestivo(s) e fresco(s). Boa(s) alembradura(s), comadri. Atão nã querem lá vêri; tal tá a moenga...

Este post composto sobre o que se tem visto cá em casa é muito completo, informativo e opinativo. Parabéns.

Espero-te na minha Travessa que passará a ser tua também

Qjs = queijinhos = beijinhos

marta, a menina do blog disse...

Muito Obrigada pelo cumprimento!

O blog uma forma de escrever um bocadinho todos os dias, desanuviar, brincar um bocadinho com a "loucura do dia-a-dia"!

Sê bem-vindo!

(Já fui conhecer a sua Travessa, e recebi logo à entrada um postal das terras de um dos meus escritores preferidos!)

marta, a menina do blog disse...