terça-feira, 12 de junho de 2012

Portugal vs Espanha. A badalhoqueira instalada.

Ou então, a nossa mente é muito perversa.

Para um espanhol, a esta coisa a que nós chamamos "fecho", eles dão a graça de "cremallera".


Logo, quando num site de trabalhos manuais espanhol, aparece o título "Broches con cremalleras", eles querem dizer, mais ou menos, uma coisa destas.


Conclusão: nós temos mesmo uma mente perversa, e os coitados dos espanhóis não têm culpa, nem mesmo o meu supervisor, a quem fiz a bondade de ensinar uns fod@***, c@r@***, e porra, e me sai com "esta porras no funciona!"... Dasse, pah, não há condições!

2 comentários:

Maria disse...

Ahahah, " broches com cremalleras" essa é muito boa. Eu quando comecei a trabalhar com espanhois ouvia tantas vezes a palavra" conhõ" que julgava que se tratava de um cumprimento tipo o nosso "olá". :))

marta, a menina do blog disse...

E é ir no meio de uma Zara a falar de "folha" e "massa folhada"...